Início / noticias / Saúde bucal e AEH

← Voltar

 

Saúde bucal e AEH

Manter a saúde bucal em dia não visa apenas cuidados com os dentes, mas é um ponto de partida para a saúde geral e o bem-estar do nosso corpo. Os impactos de problemas com a saúde da boca podem ir desde uma resistência à insulina, decorrente de uma doença periodontal, até problemas mais sérios, envolvendo o sistema cardiovascular ou até mesmo uma doença neurodegenerativa. Daí a importância de visitas regulares ao dentista.¹

Mas, no angioedema hereditário (AEH), além dos cuidados com a boca, é preciso cuidado na ida ao dentista. Isso porque o tratamento odontológico de pacientes com AEH, principalmente os mais invasivos, como extração dentária, por exemplo, pode desencadear edema da laringe (inchaço da garganta) ou edema das vias aéreas superiores, colocando em risco a vida do paciente.2,3

Por isso, é crucial informar ao seu dentista que é portador de angioedema hereditário. É importante ele estar ciente sobre sua condição e orientado sobre o que deve fazer em caso de uma crise decorrente do procedimento a ser realizado. As crises podem ocorrer independentemente da atividade da doença ou do trauma do procedimento odontológico.²

 

Mantenha a saúde bucal

Uma boa maneira de cuidar da saúde da sua boca, prevenindo problemas mais sérios e que podem levar à necessidade de procedimentos invasivos, é realizando a higiene bucal adequada.4

 

Como fazer a higiene bucal diariamente4

• Escove os dentes após as refeições, todos os dias, com escova macia e creme dental com flúor. Não se esqueça da parte interna dos dentes.
• Use fio dental. Passe-o, pelo menos, duas vezes em cada um dos espaços entre os dentes, primeiro pressionando para um lado, depois para o outro.
• Escovar a língua também é muito importante, pois ela acumula restos alimentares e bactérias. Faça movimentos cuidadosos com a escova, “varrendo” a língua da parte interna até a ponta.
• Se você usa prótese (ponte móvel), limpe-a fora da boca com sabão ou pasta e escova de dente, separadas para essa função. Antes de recolocá-la na boca, escove os dentes e limpe a gengiva, o céu da boca e a língua.
• Em caso de dentadura, remova a prótese de dentro da boca e limpe-a com uma escova de dente. Antes de recolocá-la, limpe a gengiva, o céu da boca e a língua.

Além disso, é importante estar atento a manchas, caroços, inchaços, placas esbranquiçadas ou avermelhadas e feridas na língua, bochechas, lábios, céu da boca, embaixo da língua ou na garganta. E lembre-se: consulte um dentista regularmente.4

Referências
1. Luca Fiorillo. Oral Health: The First Step to Well-Being. Medicina (Kaunas). 2019 Oct; 55(10): 676.
2. J C Atkinson e M Frank. Oral manifestations and dental management of patients with hereditary angioedema. J Oral Pathol Med. 1991 Mar;20(3):139-42.
3. Pedro Giavina-Bianchi et al. Diretrizes brasileiras para o diagnóstico e tratamento do angioedema hereditário – 2017. Arquivos de Asma, Alergia e Imunologia, 2017;1(1):23-48.
4. Mantenha seu sorriso fazendo a higiene bucal corretamente. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Brasília – DF 2012.
C-ANPROM/BR/HAE/0009