Início / noticias / Atividade física X AEH

← Voltar

 

Atividade física X AEH

O angioedema hereditário (AEH) é uma doença genética que tem como um dos fatores desencadeantes de crise o trauma, mesmo que de pouca intensidade.¹ Por isso, praticar atividade física ou qualquer tipo de esporte pode ser motivo de preocupação para muita gente.
O AEH não impede a prática esportiva nem de exercícios, porém, como traumas podem desencadear as crises, esportes de alto impacto e atividades que tenham risco de trauma são contraindicados.¹ Mas, com alguns cuidados, é possível se exercitar com segurança.

Mas saiba que, se estiver preparado, você não precisa deixar de trabalhar, sair com os amigos, ir ao cinema, viajar, frequentar as reuniões de família ou fazer qualquer outro programa por causa do AEH. Você só precisa se organizar e tomar alguns cuidados. Por exemplo:

• Previna-se de situações consideradas gatilhos para as crises de AEH.²
• Explique o que é o angioedema hereditário para seus amigos e familiares, para que eles possam auxiliá-lo, se necessário.
• Saiba exatamente o que fazer em caso de crise, para não se desesperar.

É importante que todos que convivem com você saibam que você possui angioedema hereditário. Somente assim você estará bem amparado
caso necessite de ajuda e poderá se divertir ou trabalhar se sentindo mais seguro.

Veja o que você pode fazer para se cercar de cuidados:  

Praticar atividade física faz bem para a saúde de qualquer pessoa.² Além disso, os exercícios levam a uma redução no risco de sofrer de um grande número de doenças crônicas e ainda melhoram a saúde geral, incluindo:³

• Prevenir câncer
• Saúde cardiovascular
• Saúde musculoesquelética
• Saúde metabólica
• Saúde neurocognitiva

Para quem tem AEH, a primeira atitude a ser tomada é consultar um médico para avaliação dos riscos e benefícios da modalidade desejada. Essa avaliação individualizada é importante, uma vez que uma atividade considerada apropriada para um paciente pode ser inadequada para outro.²

A segunda é escolher uma atividade que atenda às suas necessidades e começar a se exercitar. Afinal, existem maneiras seguras de praticar atividades físicas para quase todas as pessoas. Alguns exemplos de exercícios com baixo risco de lesão incluem:³

• Caminhada rápida
• Dança
• Natação
• Hidroginástica
• Ioga

Uma boa estratégia para se exercitar de forma segura e, assim, minimizar o risco de lesões é:³

• Fazer exercícios regularmente, para manter ou melhorar a forma física.
• Escolher conscientemente a modalidade e o equipamento adequado para a prática.
• Fazer uso correto e apropriado de equipamento de proteção.

Antes de iniciar a atividade física, um exame clínico é recomendado para avaliar o estado geral de saúde. Além disso, em caso de surgimento de algum sintoma, durante ou após a prática, um médico deve ser consultado.³

Referências
1. Pedro Giavina-Bianchi et al. Diretrizes brasileiras para o diagnóstico e tratamento do angioedema hereditário – 2017. Arquivos de Asma, Alergia e Imunologia, 2017;1(1):23-48.
2. Jamie F. Burr. Do adventure sports have a role in health promotion? Need for objective evidence for a risk-benefit analysis. Can Fam Physician. 2013 Dec; 59(12): 1311-1313.
3. Hans-Christian Miko et al. Effects of Physical Activity on Health. Gesundheitswesen 2020; 82 (Suppl. 3): S184–S195.
C-ANPROM/BR/HAE/0025